599331_seguranca-no-trabalho-150x150

Segurança do trabalho é composta por agrupamentos de medidas que são usadas na intenção de diminuir os acidentes no trabalha, as doenças de caráter ocupacional, assim como fazer a proteção da integridade e capacidade de trabalhar dos trabalhadores. Entre as disciplinas estudadas na área estão as seguintes: Introdução à Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho, Prevenção e Controle de Riscos e Máquinas, Equipamentos e Instalações, Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento, Administração aplicada à Engenharia de Segurança, O Ambiente e as Doenças do Trabalho, Higiene do Trabalho, Metodologia de Pesquisa, Legislação, Normas Técnicas, Responsabilidade Civil e Criminal, Perícias, Proteção do Meio Ambiente, Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios e Explosões e Gerência de Riscos.

Em uma empresa, a área de Segurança do Trabalho é composta por uma equipe formada por Técnico de Segurança do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho e Enfermeiro do Trabalho. Esses quatros profissionais compõem o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Há empregados da empresa que formam a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) objetivando prevenir acidentes e doenças que decorram da atividade exercida, para que a preservação da vida e promoção da saúde dos trabalhadores sejam perenes no ambiente de trabalho.

A Segurança do Trabalho tem o seu trabalho regido por normas e leis. No Brasil, a legislação é composta pelas Normas Regulamentadoras, leis complementares, assim como portarias, decretos e convenções internacionais da OIT (Organização Internacional do Trabalho) que foram ratificadas pelo país. A constituição de uma equipe de Segurança do Trabalho em uma empresa é exigida por lei e permite a organização, aumento de produtividade e da qualidade do que é oferecido ou servido, além de melhorar as relações humanas no ambiente de trabalho.

O acidente de trabalho é caracterizado por ser aquele que ocorre durante a realização do trabalho e quando o trabalhador está a serviço da empresa e então é acometido por uma lesão corporal ou perturbação de função que pode ser letal, ou causar perda ou diminuição da capacidade de trabalhar. Os acidente que ocorrem quando se presta serviços por ordem da empresa fora do local de trabalha, quando o trabalhador estiver viajando com a empresa, no trajeto de casa para o trabalho e vice-versa ou então doenças que são causadas por condições de trabalho ou provocadas pelo tipo de trabalho.

Acidentes de trabalho acontecem ou por ato inseguro ou condição insegura. O primeiro é um ato consciente que foge às normas de segurança como subir em um telhado sem cinto de segurança para prevenir quedas, ligar com as mãos molhadas um aparelho elétrico na tomada ou dirigir em velocidades altas. A última é uma condição ambiental que traz perigo ou risco ao trabalhador como a instalação de eletricidade com fios que não estejam encapados, usar máquinas em estado de manutenção precário ou trabalhar em andaime de obras de construção civil que não são feitos com materiais adequados. Ao eliminar essas duas opções, se reduz tanto os acidentes como as doenças e essa é a função da Segurança do Trabalho.

O profissional da área pode atuar em diversos segmentos da sociedade onde hajam trabalhadores exercendo suas funções. Lugares comuns para a atuação são na construção civil, hospitais, fábrica de alimentos, indústrias, empresas comerciais, mineradoras, empresas agroindustriais, entre outras. O profissional vai atuar de acordo com a formação que lê tenha. O campo é bem grande. O engenheiro e o técnico trabalham em empresas para organizar programas preventivos, na orientação da CIPA, assim como mostrar aos trabalhadores como se usa os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Também pode elaborar planos para previr riscos ambientai, assim como realizar inspeções de segurança, escrever laudos técnicos, organizar palestras e fazer treinamentos. Eles podem também colocar em prática programas ambientais e ecológicos. Já o médico e o enfermeiro vão trabalhar na prevenção de doenças, fazendo consultas, aplicando vacinas, atuando no tratamento de feridos, realizando os exames de admissão e os periódicos também.

Em relação ao trabalho específico do Técnico de Segurança do Trabalho, ele tem as seguintes funções: inspecionar locais, instalações e equipamentos, observando condições de trabalho na intenção de determinar fatores de risco e acidentes, estabelecendo normas e dispositivos de segurança, e sugerindo modificações eventuais em equipamentos e instalações e verificando a observância, de tal modo a prevenir acidentes; inspecionar postos de combate a incêndios, examinar mangueiras, hidrantes, extintores e equipamentos de proteção e garantir que estejam todos funcionando perfeitamente; comunicar resultados de inspeções, elaborar relatórios com o intuito de propor reparação ou renovação dos equipamentos, e outras medidas para manter a segurança.

Já o médico do trabalho tem entre suas funções específicas a execução de exames periódicos em todos os empregados, particularmente aqueles que estão mais expostos a riscos de acidentes e doenças da profissão; a execução de exames médicos especiais nas trabalhadoras mulheres, nos menores de idade, idosos ou portadores de subnormalidades, entre outras atribuições.

Segurança do trabalho é uma das principais preocupações do sindicato

Blog No Comments »

Segurança no trabalho é a maior preocupação do sindicalista Raimundo Toco, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero), que faz um alerta aos empresários para ter mais rigor com os equipamentos de segurança. O número de acidentes de trabalho tem aumentado e o Sticcero quer uma ação [...]

Seminário sobre segurança do trabalho

Blog No Comments »

A prevenção de doenças profissionais e a segurança no trabalho estão em destaque num seminário realizado, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, em Setúbal. O “I Seminário Segurança no Trabalho”, organizado pela Câmara Municipal, ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho e Instituto Politécnico de Setúbal. A iniciativa, dividida em dois painéis temáticos, conta [...]

Lei do deputado Bira vira destaque em Seminário

Blog No Comments »

O vereador Bira abriu o segundo dia do “I Seminário Paraibano de Segurança e Saúde do Trabalho”. Em decorrência da sua atuação parlamentar voltada ao bem estar dos trabalhadores, Bira representa a classe com êxito, pois foi graças a Lei 12.429/2012, de sua autoria, que foi instituída na capital paraibana a Semana Municipal de Segurança [...]

Caema promove ações de segurança do trabalho

Blog No Comments »

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) vem promovendo ações de revitalização em Segurança e Medicina do Trabalho. A atividade está sendo desenvolvida no Sistema Produtor do Italuís. A iniciativa consiste em um conjunto de projetos que serão executados pela Coordenadoria de Assistência a Medicina e Segurança do Trabalho (GEPEM) em parceria com o [...]

APM Terminals melhora seu desempenho em segurança do trabalho

Blog No Comments »

O desempenho em segurança do trabalho do grupo APM Terminals, representado localmente pela APM Terminals Itajaí – empresa arrendatária de dois berços do Porto de Itajaí (SC) – melhorou 43% em 2012 na comparação ao ano anterior. O índice leva em consideração o número de acidentes com afastamento de trabalho entre os colaboradores da empresa. [...]

Sindicatos debatem sobre segurança do trabalho na África

Blog No Comments »

Membros das comissões sindicais e líderes de oito províncias da zona centro e sul do país debatem, em Benguela “A saúde e segurança no trabalho”. Durante três dias, os participantes no encontro, promovido pelo sindicato provincial da construção, vão debater temas ligados a função dos sindicatos dentro das empresas na defesa da classe que representa, [...]

MTE fiscaliza segurança de trabalhos realizados a mais de 2 metros de altu ra

Blog No Comments »

Segundo os dados mais recentes do Ministério da Previdência Social, 2.712 trabalhadores morreram no ano de 2010 no Brasil e 701.496 pessoas foram acidentadas no mesmo ano. Só no setor de construção civil, 376 trabalhadores morreram em acidentes. E os dados podem ser ainda piores, já que as estatísticas não registram os trabalhadores sem carteira [...]

União Européia lança consulta pública sobre segurança do trabalho

Blog No Comments »

Todos os cidadãos e organizações são convidados a participar nesta consulta, que estará aberta de 31 de maio a 26 de julho de 2013. Esperamos, nomeadamente, receber contributos de representantes de autoridades públicas dos Estados-Membros e de organizações representativas dos trabalhadores e empregadores, bem como de partes interessadas e peritos no domínio da saúde e [...]

Inditex e H&M firmam acordo sobre segurança do trabalho em Bangladesh

Blog No Comments »

A indústria têxtil Inditex, proprietária da marca Zara, e H&M; se comprometeu a assinar um plano de melhora das condições de segurança do trabalho nas fábricas associadas em Bangladesh, depois do desabamento que deixou mais de mil mortos. Em notas divulgadas, as duas empresas anunciaram seu apoio a um plano de segurança nos locais de [...]

© 2014 Portal da Segurança do Trabalho - Privacy Policy - Sitemap
-

© -2014

Entries RSS Comments RSS Log in